Taking too long? Close loading screen.

Notícias

PESQUISA CNT: IMPACTOS DA PANDEMIA NO TRANSPORTE

A Confederação Nacional do Transporte (CNT), em nova pesquisa acerca dos impactos da COVID-19 no setor de transporte, divulgada no dia 23 de julho de 2020, apontou que após quatro meses de pandemia, a queda de demanda no ramo segue pelo quarto mês consecutivo.

O levantamento realizado entre os dias 9 e 15 de julho pela CNT, tomou como base o relato de 858 empresas, tanto do setor de cargas quanto de passageiros, de todos os modais de transportes (aéreo, marítimo, rodoviário e ferroviário).

Segundo dados, 74,6% das transportadoras indicam que houve diminuição da demanda no mês de junho, sendo que, mais da metade delas (57,2%), avaliaram a queda como de alta proporção. A pesquisa demonstra também as dificuldades encontradas para acesso à crédito desde o início da pandemia, de modo que mais de um terço das empresas (34,0%) precisaram recorrer ao crédito rotativo, com taxas de juros mais elevadas.

Ainda, a pesquisa mostra que 79,8% das transportadoras projetam a permanência dos impactos negativos da crise em suas empresas por pelo menos mais quatro meses.

Frisa-se que a queda de faturamento foi registrada por 60,7% das transportadoras consultadas pela CNT. Além disso, 41,8% das transportadoras declararam que estão com suas capacidades de pagamento comprometidas, com graves dificuldades para adimplemento das folhas de pagamento, parcelas de financiamentos, tributos, alugueis, entre outros gastos indispensáveis para manutenção de suas atividades.

Fonte: CNT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Rolar para cima