Taking too long? Close loading screen.

Notícias

CNT revela vantagens do sistema de pedágio free-flow

Na última quarta-feira (24), a Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou, em seu canal Transporte em Movimento, detalhes acerca das vantagens da adoção do sistema de pedágio free-flow (fluxo livre, em inglês) nas rodovias brasileiras.

Na modalidade, também conhecida como Sistema de Rodovia de Pedágio Aberto, as tarifas são cobradas proporcionalmente à distância percorrida pelo usuário, sem a necessidade de praças físicas, já conhecidas em nosso território nacional.

O pedágio free-flow opera por meio de pórticos instalados nas rodovias, com identificação automática e eletrônica dos veículos, os quais são detectados mediante Identificação por Radiofrequência (RFID) ou por câmeras de Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR).

Em dezembro do ano passado (2019), a Comissão de Infraestrutura do Senado Federal aprovou um projeto de lei que autoriza a implantação do sistema em rodovias brasileiras. Hoje, a proposta segue aguardando apreciação na Comissão de Assuntos Econômicos. Ainda assim, o modelo foi implementado para testes em quatro rodovias de São Paulo.

Segundo o presidente da CNT, Vander Costa, o investimento na modalidade proporcionaria benefícios significativos a todos os usuários, ao passo que aumentaria o número de pagantes, de modo a possibilitar a redução da tarifa individual, comparada à atualmente cobrada. Aponta, ainda, que o uso das tecnologias, além de otimizar custos e operações, traria benefícios ao meio ambiente e a segurança dos usuários.

Fonte: CNT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Rolar para cima