Taking too long? Close loading screen.

Notícias

ANTT assina contrato de concessão da BR-101/SC

Na última segunda-feira (06), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em conjunto com o Ministério da Infraestrutura, assinaram o contrato de concessão da BR-101/SC, de modo que um determinado trecho, compreendido em 220,42 km, passa a ser administrado pela Concessionária Catarinense de Rodovias S.A., pertencente ao Grupo CCR.

A extensão da via concedida tem início em Palhoça, e encerra-se na divisa com Rio Grande do Sul, passando, portanto, pelos municípios catarinenses Paulo Lopes, Garopaba, Imbituba, Laguna, Pescaria Brava, Capivari de Baixo, Tubarão, Treze de Maio, Jaguaruna, Sangão, Içara, Criciúma, Maracajá, Araranguá, Sombrio, Santa Rosa do Sul e São João do Sul.

Durante seus 30 anos de vigência, o empreendimento prevê investimentos de R$ 3,4 bilhões, e custos operacionais de R$ 4,0 bilhões.

Segundo projeto, a partir do sexto mês de concessão, serão ofertados serviços operacionais, como socorro mecânico, atendimento médico de emergência, sistema de informações e comunicação ao usuário.

Ainda, destaca-se que no primeiro ano de concessão, que antecedem a cobrança de pedágios, serão executados serviços para o atingimento de padrões mínimos de segurança e conformo dos usuários, como reparos na pavimentação e nos acostamentos, adequação de sinalização, dentre outros.

Serão instaladas, durante o período, quatro praças de pedágios, cuja tarifa ofertada pela licitante vencedora do leilão foi de R$ 1,97012 (data-base de agosto de 2019).
Por fim, outra estimativa interessante, refere-se à geração de mais de mil empregos diretos, e cerca de 500 indiretos.

Fonte: ANTT e CNT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Rolar para cima